Como Evitar a Quebra Vocal ?

 

Como Evitar a Quebra Vocal ?

 

Olá Pessoal, tudo bem ?

Hoje falarei um pouco sobre a quebra vocal, que é algo que acontece com a maioria dos cantores, em algum momento.

O que é a quebra de Registro Vocal?

 

 

Esta é uma área da voz, que está situada entre um e outro registro vocal,  é geralmente considerado como sendo um ponto de transição ou Passaggio entre um registro e o outro, ou seja, a partir de uma voz grave para uma voz aguda e vice versa.

A transição entre o que é chamado de voz de peito, voz mix e voz de cabeça,  tem preocupado muitos cantores. Muitas vezes, se desesperam em perceber que os registros não estão “conectados”. Certamente pode parecer frustrante, complicado e muitas vezes desconcertante quando há, aparentemente, uma quebra,  sem solução.

Como detectar a Quebra vocal?

Falta de controle é um dos sintomas. Não há harmonia nas transições de voz de peito, mix a cabeça.

Cantar fora de sua região vocal também pode contribuir e nós todos temos faixas vocais únicas – alguns de nós pode cantar apenas uma oitava, outros até seis oitavas. Podemos treinar e nossa extensão vocal pode se expandir, mas isso leva tempo e dedicação. Até então, a nossa voz tende a falhar quando cantamos fora do nosso alcance vocal. Se tentarmos atingir uma nota aguda ou grave, que normalmente não cantamos confortavelmente, então muito provavelmente, a nossa voz vai falhar, haverá a quebra.

Ansiedade também é um dos fatores e este é simples de entender. Quando estamos nervosos ou ansiosos nossas cordas vocais tendem a ficar tensas e nosso nível de controle vai se alterar.

Tensão demais no canto, por tentarmos algo muito difícil, pode causar estresse em nossas cordas vocais. Este é um pouco mais perigoso, porque não só haverá mais quebras, mas nós podemos causar danos por estarmos empurrando nossas cordas vocais além do seu limite. NUNCA forçar a saída de notas. NUNCA se forçar a atingir notas agudas ou graves, fora do nosso limite. E nunca se forçar a sustentar uma nota.

Sendo assim, é preciso fortalecer suas cordas vocais, seu aparelho fonador como um todo e também seu diafragma. Seu corpo precisa estar pronto para o canto!

1. Pratique a respiração diafragmática e perceba, que com o devido apoio, você não tem que pensar para respirar e que o fluxo de ar acontecerá automaticamente e na quantidade perfeita de vibrar suas cordas vocais para cada passo – não mais – não menos.

2. Isto então vai aliviar a tensão na garganta, eliminando a principal causa da quebra de registro e a ilusão subseqüente que existem coisas como a voz de cabeça, mix e peito.

3. Agora você já sabe, que é possível usar os registros vocais a seu favor, porém, ainda existe algo que não o deixa executar as notinhas com clareza. Será que existe alguma coisa além disso? Que tal se resolvermos de uma vez por toda, aquele “probleminha” de quebra na passagem de voz? Não tem segredo, pois a prática constante de alguns exercícios bem simples, vão fazer este dilema cair por terra.

Você deve praticar certos exercícios,  feitos para tornar todas as transições vibracionais da voz, mais sutis, suaves e harmoniosas ou melhor dizendo, conectadas!

O arzinho que os produtores tanto pedem que façamos, quando vamos gravar em estúdio,  deve ser esporádico! A voz muito rouca e soprosa, pode ser fruto de quem não fecha completamente as cordas vocais, então, cuidado ao fazer isso o tempo todo, pode criar um calo vocal também.
Essas patologias vocais podem aparecer por do mau uso da voz ou abuso vocal. A fenda, é uma abertura entre as cordas vocais, ela pode ser anterior ou posterior. As principais características são a rouquidão, a voz baixa e soprosa (sem amplitude e com excesso de ar).

Podemos tratar com exercícios, com sessões de fonoaudiologia,  trabalhando  o tipo de fenda e tb a mudança de hábitos.

Costuma-se ver, pessoas que tem nódulo, apresentarem fenda também, pois as cordas vocais não conseguem se aproximar devidamente.

No entanto, você pode ter uma fenda,  sem necessariamente ter um nódulo!

Um bom exame, com um especialista, pode detectar o problema e certamente será resolvido! Um otorrinolaringologista pode fazer um exame chamado Laringoscopia (pela boca) ou Nasolaringoscopia  (pelas vias nasais). Eliminando a quebra de registro vocal, sua voz estará plena e você confiante para cantar o que for preciso, dentro do seu limite e bom senso é claro! 🙂

 

 

 

Bjka e até sempre.

Boa sorte e sucesso!

Iara Negrete

 

Conheça nosso Aplicativo para Celular.

Assine nosso canal no Youtube.

Curta nossa página no Facebook.

Iara Negrete veste Midas Wear

Como Evitar a Quebra Vocal ?
5 (100%) 3 votos

8 Comentários

  1. Leticia Fernandes

    Oi Iara, tudo bem?
    Meu sonho é cantar bem afinado, sendo que não consigo. Tem como você me ajudar? Mande um E-mail pra mim, se tiver como, por favor. Preciso falar com você. Bjs..

    Responder
  2. João Manoel

    olá Iara é um prazer imenso poder falar com Você.bem…tenho 16 anos não sei meu tipo vocal sei que minha voz ainda está em desenvolvimento,um bom exemplo é que eu conseguia dar agudos mais finos hoje já não é mais a mesma coisa né…hahaha. A senhorita acha que eu ainda posso dar os mesmos agudos ou até maiores com muito treino e dedicação?? E a senhorita pode me falar mais sobre os registros de cabeca, flauta e apito por favor? beijos passar bem

    Responder

    1. Olá João, td bem querido? Sim, vc está em plena muda vocal. Trabalhando bem sua extensão, vc terá uma voz madura e com grande alcance, tendo bons hábitos tb. Vou anotar este tema, whistle, para numa próxima gravação, falar mais ok? Voz de cabeça, belting, tenho mais segurança em passar, pois passo aos meus alunos (presenciais), porém a voz de apito, ainda é algo que estou estudando e tb drives. Como pretendo em breve, sair do Brasil, será algo bem interessante para estudar fora. Bjka #tamojunto \o/

      Responder
  3. liliam

    Boa noite Iara, fiz a laringoscopia e apresentei fenda glotica fusiforme. Não sei se vou conseguir passar na perícia médica, já que o concurso foi pra professor. Mas teria um exercício que eu poderia fazer pra fechar, e assim eu fazer um novo exame?

    Responder

    1. Olha só meu amor, se vc tem uma fenda, o ideal agora é fazer fonoterapia. De onde vc é? Se for de SP, posso te indicar a melhor. Bjka 🙂

      Responder
  4. Wesson

    Tem algum exercicio para acabar com a quebra a minha voz quebra demais sera q e falta de controle

    Responder

    1. Tem diversos exercícios e vocalizes, mas é preciso examinar as cordas vocais com um otorrino, pra saber se está td bem contigo. Se for uma pequena fenda, algumas sessões com uma fono, ajudam a fechar e consequentemente, essa quebra será minimizada. Daí, vc parte para aulas de canto e vocalizes apropriados. Bjka

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *