Voz Muito Aguda! Como melhorar seu problema de “voz fina”!

 

Voz Muito Aguda! Como melhorar seu problema de “voz fina”!

 

Olá Pessoal!

Hoje, a pedidos, vou falar sobre voz aguda e não “voz fina”.

Algumas fonoaudiólogas de renome, falam abaixo a respeito disso, vamos ver entender melhor a respeito, com essas feras.

Segundo Mara Behlau, Além da anatomia, existem fatores externos que influem na sua voz. Quando as oscilações acústicas da puberdade já são coisa do passado, rapazes ainda afinam a voz ao abordar uma garota. Por quê? “Nervosismo”.

Em estado de excitação, a prega vocal estica e a fala “afina”. Já álcool e cigarro deixam as cordas frouxas e a fala grave, mas não é algo que se deva fazer pra poder deixar sua voz mais grave, de forma alguma. São vícios péssimos pra quem quer cantar.

Vale lembrar que a voz é um instrumento: há limites, mas com treino (ou hábito) ela pode ser afinada para soar um pouco mais grossa ou fina.

Homem de voz “fina” é algo que muitas pessoas estranham, principalmente por muitos deles serem altos e barbados, símbolo de masculinidade para a sociedade.

 

Motivos

A voz aguda demais, pode e  deve ser corrigida ainda na adolescência, esclarece a Dra. Silvia Pinho.

“A maioria dos casos são meninos que crescem rapidamente e ficam com uma voz grossa, diferente dos demais. Para evitar brincadeiras, eles começam a usar uma voz de falsete (http://pt.wikipedia.org/wiki/Falsete), disfarçando o tom grave e prejudicando a sua corda vocal.”

Segundo Silvia, os pais devem ficar atentos às mudanças na voz do filho, principalmente se ele tiver na faixa etária dos 13 anos.

“A corda vocal demora de um a seis meses para mudar. Caso passe um ano e não houver alterações no tom e na voz, é necessário procurar um especialista, fonoaudiólogo e um laringologista, para saber o que aconteceu e descobrir o que se deve fazer. Existem problemas de má formação da laringe, muco vocal e até falha no crescimento hormonal.”

 

Tratamento

“Se o problema for funcional são feitos exercícios que abaixam o gogó e a laringe, facilitando a emissão de sons graves. Normalmente este tratamento dura de quatro a seis sessões. Outra opção é o tratamento cirúrgico, tireoplastia, que faz um afrouxamento da prévia vocal. Vale lembrar que é sempre importante tentar os exercícios em primeiro caso, afinal eles são menos prejudiciais e naturais para a voz.”
Tipos de casos:

Falsete mutacional: o garoto que não expressa a voz grossa de modo algum, sempre segurando-a através de um falsete.

Muda vocal incompleta: quando a voz muda, mas continua meio fina, ou seja, uma voz intermediária entre a masculina e a feminina.

Muda vocal atrasada: ao invés da mudança da voz acontecer por volta dos 13 anos ela acontece em uma idade mais elevada.

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

ARQUIVOS DE ÁUDIO ABAIXO

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

 

 

Bjka e até sempre.

Boa sorte e sucesso!

Iara Negrete
Conheça nosso Aplicativo para Celular.

Assine nosso canal no Youtube.

Curta nossa página no Facebook.

Iara Negrete veste Zero Ponto Três

Voz Muito Aguda! Como melhorar seu problema de “voz fina”!
5 (100%) 5 votos

15 Comentários

  1. Gustavo Soares

    Iara, fiz direitinho o exercício.
    Você é sensacional, mulher!
    Vou indicar para um amigo.
    Abraço!

    Att,
    Gustavo

    Responder
  2. Lis Hanna

    Boa tarde!
    Gostei muito desse vídeo, minha voz é bem assim… muito fina.
    Em algumas canções fico com voz de criança.
    Vou com certeza fazer esses exercícios.
    Obrigada!!

    Responder
  3. Ruth Pacheco

    Sou um pouco desafinada, mas amo cantar,e as vezes saiu do tom, o que eu posso fazer para melhorar?

    Responder

    1. Olá Ruth, vc pode fazer exercícios que trabalhem seu ouvido. Escutar escalas maiores e menores, ouvir músicas instrumentais, enfim…focar em sua percepção auditiva. Fique ligadinha no blog, que alguns temas relacionados a isso serão postados tá? Bjka 🙂 Se quiser algo mais completinho, acabo de lançar o curso Além da Voz. Dê uma olha no vídeo, quem sabe seja interessante pra ti. http://www.alemdavoz.com.br/curso/

      Responder
  4. Rafael

    Iara, é recomendável fazer esse exercício com que frequência? Todos os dias? Por quanto tempo? Obrigado!

    Responder
  5. Rodolfo

    Iara, tudo bem?
    Estou adorando seu blog, admiro muito seu trabalho desde o Popstars (2002)
    Eu posso fazer este exercício pra “ganhar” tons graves no meu registro vocal?
    Ou, eu corro risco de perder tons agudos que antes eu atingia com maior facilidade?
    obrigado, bjs!

    Responder

    1. Olá Rodolfo, pode fazer sim e vc não corre risco algum, desde que trabalhe sua extensão por completo com os vocalizes tá? Bjka 🙂

      Responder
  6. Jayne

    Sou mulher e tenho a voz bastante aguda, as vezes até fazem resenha com isso pois além disso falo bem baixo, tenho a voz quase que infantil, detesto minha voz por isso.
    Esses exercícios poderiam me ajudar ou servem apenas para homens?

    Responder

    1. Amada, acredito que ajudem, mas o ideal é que vc passe por um otorrino e depois um fonoaudiólogo para saber mais a fundo o que acontece contigo. Bjka

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *